quarta-feira, 11 de março de 2015

# 47


Fotografado nas Ferreiras (Albufeira), em  25-01-2015.


Imagino a Catarina, passando diariamente na rua do Paraíso, vendo-se assim, escrita com todas as letras naquela parede, e baixando os olhos numa timidez enrubescida.

5 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Uma paixão muito pública e muito publicitada

Miss Smile disse...

Se a Catarina corresponder à declaração de amor, ele oferecer-lhe-á sem pudores o resto do coração. Por ora, apenas metade, gravada na letra “E”.

Majo disse...

~
~ ~ Caso para dizer que a timidez
promove a comunicação mural...

~ ~ ~

heretico disse...

Ca-ta-ri-na!...

(pre)sente-se o eco. tão forte o grito

jorge esteves disse...

Se o amor for (ou foi) correspondido, então é (ou foi)...
um Paraíso!

jorgesteves
www.tintapermanente.pt