sábado, 3 de dezembro de 2016

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

# [Fora de série]


Porque há dias me deparei com esta fatia de pão, concluí que até aqui se nota uma certa inclinação para as coisas do coração...

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

# 216


Fotografado por Homero Costa, em Lisboa, rua Luciano Cordeiro, no dia 27 de novembro 2016.

Um amor de gatos ao luar... Digam lá se não é uma ternura de "pinta-amor"?

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

# 214


Fotografado pela Elvira Carvalho, no Barreiro, no muro do estacionamento do Continente, em outubro 2016.

Há amores exigentes...

terça-feira, 22 de novembro de 2016

domingo, 20 de novembro de 2016

# 212


Fotografado em Sintra, em 30 de outubro 2016.

Assim devia ser sempre o amor. Sem fim.

sábado, 19 de novembro de 2016

# 211


Fotografado em Lisboa, em 1 de novembro 2016.

Um pinta-amor datado e recente, provavelmente destinado a uma princesa.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

# 210


Fotografado em Portimão, a 10 de novembro 2016.

Maria(s), este é para (n)vós.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

# 209


Ao contrário dos que por aqui publicamos habitualmente, este não é um pinta-amor público, afixado em qualquer parede ou outro suporte exterior.

Torna-se agora público, neste muro virtual, enviado pelo Rui Espírito Santo que o viu na posse de uma amiga de Ermesinde, presenteada pelo marido com esta folha mensageira de amor.

Bonito, não acham?

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

domingo, 13 de novembro de 2016

sábado, 12 de novembro de 2016

# [Fora de série]


Um tronco amoroso fotografado no Jardim Botânico de Porto Alegre, Brasil e gentilmente enviado pela chica.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

# 206


Fotografado na Graça, Lisboa, hoje 8 novembro 2016, por Isabel Mouzinho do blogue Isto e aquilo.

Como nos diz a Isabel, é o amor e a poesia ditos assim "a toda a gente".


domingo, 6 de novembro de 2016

# 205


Fotografado, na rua Alfredo da Silva, Boa Hora, Lisboa, em julho 2015.

Como diz a Raquel da Franca que captou mais este pinta-amor, trata-se de um 2 em 1 porque a emoção mais poderosa é o amor, mas as facas e tesouras bem afiadas dão sempre jeito. :)


sábado, 5 de novembro de 2016

# 204

Fotografado pela Gracinha, em Cimbres, Armamar.

Quem tem um portão destes, só pode ser um apaixonado.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

# 203


Fotografado na Marinha Grande, em 3 de novembro 2016, pela Adélia, do blog Flor de Jasmim, que o encontrou bem perto de casa.

Um coração bastante colorido, capaz de agradar a várias sensibilidades clubísticas.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

# 202



Fotografado hoje, 3 novembro 2016, em Linda-a-Velha.

Foi mais um contributo da Raquel da Franca que viu este pinta-amor anónimo e o imagina como segredo só de quem o fez e de quem essa pessoa gosta.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

terça-feira, 1 de novembro de 2016

domingo, 30 de outubro de 2016

# 199


Fotografado em 29 de outubro 2016, no Cais do Sodré, Lisboa, pela Raquel da Franca que acredita que, provavelmente, foi pintado a quatro mãos.

sábado, 29 de outubro de 2016

# 198


Fotografado em outubro 2016, durante uma caminhada  por terras da freguesia de Boliqueime.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

# [Fora de série]


Uma pequena pedra coração, mais uma a juntar a um número já jeitoso delas que figuram aqui, enviada pela chica, que a fotografou na praia de Japaratinga, Alagoas, Brasil.


terça-feira, 25 de outubro de 2016

sábado, 22 de outubro de 2016

domingo, 16 de outubro de 2016

# 194


Fotografado em outubro 2016, na Marinha Grande, pela Flor de Jasmim.

Afinal, um pinta-amor pode ser um caso sério.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

domingo, 9 de outubro de 2016

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

# 191


Fotografado num parque da Marinha Grande, em 3 de outubro 2016.

Assim é que é, Óscar! Com assinatura.


Obrigada Flor de Jasmim, por mais este pinta-amor.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Edição especial do dia, muito para além de [fora de série]



A Raquel da Franca acaba de me chamar a atenção para este pinta-amor mais do que especial. Ela achou que merecia um [Fora de série] extra porque, realmente, um coração desenhado pelo senhor Jean-Claude Junker não é coisa que se veja todos os dias. E hoje, é de facto um dia especial.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

# 190


Fotografado no chão do cais fluvial, em Alcoutim, a 25 setembro 2016.

O que terá acontecido nesse dia?

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

#189


Fotografado em agosto 2016, em Monsanto, Lisboa.
Contributo da Raquel da Franca que o "caçou" numa antiga casa de guarda florestal, emparedada.

Pela pronúncia deste pinta-amor, quase diria que é algarvio. 

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

terça-feira, 27 de setembro de 2016

# 187


Fotografado em Tavira, na ponte sobre o rio Gilão, em 2 de setembro 2016.

Estou aqui indecisa se lhe chamo "pinta-amor" ou "ponte-amor". É que a dita ponte está a ficar carregada de cadeados que selam amores de todas as partes do mundo.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

# 186


Fotografado na Boa-Hora (Ajuda), em Lisboa, em 26 de setembro 2016, pela Raquel da Franca, que, mais uma vez, se lembrou dos pinta-amores e nos enviou esta parede cheia daquilo a que chamou "grava-amores".



sábado, 24 de setembro de 2016

# 185


Fotografado na Marinha Grande, em setembro 2016, pela Flor de Jasmim.

Apesar de riscado, está bem identificado.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

# 184


Fotografado em Faro, 15 de setembro 2016.

Ou muito me engano ou o calceteiro estava apaixonado.

sábado, 17 de setembro de 2016

# 183


Este é o pinta-amor da Teté, do blogue Quiproquó. Não é anónimo como os que costumamos mostrar neste mural e tem uma história que não precisamos de inventar.


Obrigada, Teté, por deixares que o traga para aqui.  

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

# 182


Fotografado em Faro, 14 de  setembro 2016.

Que o amor é louco, sabemos da canção. Mas essa é um loucura boa.

Já este, dramaticamente inscrito na parede, parece um amor muito perturbado.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

# 181


Fotografado em setembro 2016, na Marinha Grande.

É mais um contributo da Flor de Jasmim, sempre incansável na descoberta de pinta-amores. Este parece-me alegre. Será do cenário colorido e soalheiro? Ou será porque não há como não gostar de um cordeiro?

sábado, 10 de setembro de 2016

# 180


Fotografado em Almada, hoje, 10 setembro 2016.

A Raquel da Franca que o captou diz que provavelmente "à bruta" é uma outra forma de dizer perdidamente, ou então "bués".

Com mais ou menos poesia, eu acho que está brutal.



quarta-feira, 7 de setembro de 2016

# 179


Fotografado em setembro 2016, em Vila do Bispo.

Um coração assim, tremendo, é coisa de pinta-amor nervoso...

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

# 178


Fotografado em Aveiro, em agosto 2016, pela Janita. 
Lá no Cantinho dela, convocou-se o amor, o mar e a poesia de Eugénio de Andrade.

Aqui, no pinta-amores, neste estranho mural de declarações amorosas, eu que também gosto de "surrealizar", diria que "Ceci n'est pas une chaise". E não é mesmo. Isto é para se ler, não é para se sentar. 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

# [Fora de série]


Afinal havia ostra, pensava ela quando descobriu a verdade...

Esta ostra amorosa foi "roubada" com a devida autorização à Susana Miguel.

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

domingo, 28 de agosto de 2016

# 176


Fotografado no Porto, metro do Bolhão.

É mais um, que digo eu? mais que muitos pinta-amores, da coleção oferecida pela Deep, do blogue letras são papéis.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

# 175


Fotografado na praia do Labrego, Vagos, pela Ava Pain, em 24 de agosto 2016.

E vale a pena ir até ao seu Diário de uma dor de cabeça para ver as fotos que, lá,  fazem companhia a esta.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

# 174


Fotografado em Faro, em junho 2016, na parede do restaurante com o mesmo nome.

Amor poliglota, como seria de esperar numa cidade turística.

domingo, 21 de agosto de 2016

# [Fora de série]


Continuamos pelo Brasil, de onde o Toninho, do blogue Mineirinho, nos envia esta planta que, segundo ele nos diz, se chama "coração magoado" e que foi fotografada em maio 2016 no jardim de um seu amigo, em Salvador.
A foto traz também legenda. O Toninho diz que "O coração está roxo por vontade de amar".

Afinal, o amor pode ter todas as cores.